Secretário admite rombo de 30 milhões

Se secretário admite rombo de 30, isto significa que pode ser muito maior.

prega0Depois da postagem anterior recebi inúmeras ofensas pelas redes sociais. Não, não foram críticas, foram ofensas mesmo.

Acusaram-me de estar a serviço de uma candidatura e isto acaba sendo verdade, mas não aceitam que ao defender o indefensável estão também em defesa da candidatura e do emprego deles, porque comissionados na prefeitura de Queimados. Se não eles, alguém próximo, da família.

A prova inconteste está no DOQ de 13 de julho na ATA do Conselho Municipal de Saúde onde o próprio secretário de fazenda admite o rombo de 30 milhões. Lá ele fala apenas da saúde, isto significa dizer que o rombo pode mesmo se aproximar dos 50 se considerarmos outras áreas como educação e outras secretarias que só serviram como cabides de emprego.

Se a ATA está transcrita fidedigna como os indivíduos se manifestaram no Conselho eles confundiram mais que explicaram.Não apenas pelos erros de português de quem redigiu a ATA, mas pela explicação confusa como mostra o fragmento abaixo:

Outro ponto para calcular a folha de pagamento é de toda a prefeitura, então tenho que respeita 30% de despesa com pessoal, quando eu cálculo o orçamento não posso ceder esse valor, tentamos adapta a nossa realidade de recurso financeiro entre as secretarias, eu discordo da palavra divergência, é sim adequação na realidade financeira que vivemos hoje. E referente às rubricas e ações que acabou suprimindo, porque na hora de elaborar o orçamento, observamos que foi usado no ano anterior, tentamos minimizar o trabalho, hoje a Secretaria de Fazenda evolui na forma de fazer o orçamento, hoje dar para criar uma natureza de despesa sem ter que fazer uma lei, os erros não é nosso hoje, é sim da própria administração pública como um todo, vem de Brasília, hoje a Secretaria de Fazenda tem condições por um decreto de o Prefeito colocar o que faltou (DOQ de 13/7/2016).

Agora virão novos xingamentos, mas estou vacinado contra eles. Ressalto apenas que havia uma máscara que ocultava a realidade do povo queimadense. Bom administrador é aquele que faz o máximo com o que tem em mãos, e não o que arrota “empreendedorismo”, mas na hora de fechar o balanço as contas não batem.

Lembram-se daquele encarte com quase 20 páginas no Jornal Extra do RJ? Pois então!… A conta chegou e veio com sabor de prejuízo para os cofres da cidade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: