• Cientista político diz que candidato de Lula será favorito “rapidamente”

    No Blog da Cidadania

    O cientista político Alberto Carlos Almeida é autor do livro “A Cabeça do Brasileiro” (Editora Record, 2007), que possui uma pesquisa reveladora e dados estatísticos de excepcional amplitude a respeito do perfil do brasileiro. Almeida é professor da Universidade Federal Fluminense.

    Publicou os livros “Por que Lula?” (Editora Record, 2006); “Como são Feitas as Pesquisas Eleitorais e de Opinião” (Editora FGV, 2002); e “Presidencialismo, Parlamentarismo e Crise Política no Brasil” (Eduff, 1998).

    Alberto Carlos Almeida possui doutorado em Ciência Política pelo IUPERJ; foi pesquisador visitante na The London School of Economics; e coordenou as pesquisas eleitorais e de opinião do DataUff entre 1996 e 2002 e da Fundação Getúlio Vargas entre 2002 e 2005.

    Quer ler mais? Clique aquiCientista político diz que candidato de Lula será favorito “rapidamente”


  • EM LONDRES, DILMA É CALOROSAMENTE RECEBIDA PELO LABOUR PARTY

    O Cafezinho

    Por Mariana Noviello

    Dilma Rousseff esteve no Reino Unido na semana passada onde ela participou de um evento acadêmico o Brazil UK Forum, organizado pelos estudantes das prestigiadas universidades de Oxford e LSE, e também conversou com a mídia, mulheres na academia e na política.

    Talvez de maior relevância tenha sido o encontro de Dilma com a alta cúpula do Labour Party (Partido Trabalhista Britânico).

    Parlamentares trabalhistas não só prestaram solidariedade à Presidenta em relação ao impeachment e a Lula, mas também se mostraram preocupados com a democracia no Brasil.

    Emily Thornberry, portavoz do Partido em assuntos internacionais, twitou: “Hoje, tive a honra de me encontrar com Dilma Rousseff, ex-presidenta do Brasil. Discutimos como a democracia em seu país está comprometida”. EM LONDRES, DILMA É CALOROSAMENTE RECEBIDA PELO LABOUR PARTY


  • O que Temer não disse sobre os 2 anos de governo

    GNN Notícias

    [...] A cerimônia teve início às 15h no Salão Nobre do Palácio do Planalto, mas antes mesmo já foi marcada por polêmicas. Após o deslize do título "O Brasil voltou, 20 anos em 2", e a repercussão negativa, o convite para ministros e autoridades veio com outra nomenclatura: "Maio/2016-Maio/2018: o Brasil voltou".

    Ostentou de maneira exacerbada que houve uma queda na inflação e redução da taxa de juros. Juntou os números para preparar a cartilha "Avançamos - 2 anos de vitórias na vida de cada brasileiro", que foi o período de sua atuação desde que assumiu com a derrubada da presidente eleita Dilma Rousseff.

    Clique para continuar a ler.


  • Coloque seu e-mail para receber novidades e notificações do Blog.

    Junte-se a 799 outros seguidores

  • Recomendo leitura

Os tupiniquins não enxergam o óbvio

superbowl2Começamos o ano de 2014 com a esperança de realização de um grande evento no país. Trata-se da Copa do Mundo de futebol que muita gente, especialmente ligadas à um projeto conservador e politicamente ligados à direita mais retrógrada já conhecida, torcem muito para que dê errado.

Na própria imprensa tem jornalistas que, ou para satisfazer seus patrões ou por idiotice mesmo, costumam fazer duras críticas a um atraso, e não importa o motivo, a uma falha como a falta de energia num estádio de futebol, ou as filas para a compra de ingressos. A mais recente foi em relação a morte de Marcleudo de Melo Ferreira, 22 anos, operário que trabalhava na instalação dos refletores da Arena do Amazonas, estádio que está sendo construído para a Copa do Mundo 2014.

E falaram muita besteira.

Eu gosto de futebol americano e assisto sempre pela ESPN. Não muito distante ouvi um dos jornalistas falar a respeito da morte de um operário na construção de um estádio estadunidense. É incrível como pegam leve com as críticas que fazem quando se reportam a tragédias acontecidas fora do Brasil.

Em 11 de dezembro Fernando Brito, do Tijolaço, publicou um artigo falando de torcedores que foram esfaqueados antes do jogo entre Milan e Ajax. Ele disse: “No mesmo dia de hoje, italianos e holandeses se  enfrentaram antes do jogo entre Milan e Ajax, em Milão. Seis holandeses ficaram feridos, três deles a facadas e um em estado grave. Houve outros feridos sem gravidade” (Aqui).

Não estamos falando de times brasileiros, mas de europeus. Segundo a nossa imprensa, lugar de gente civilizada, altamente instruída e culturalmente avançada.

Ontem assisti a reprise do jogo entre San Francisco 49ers e Baltimore Ravens. Foi um jogaço! Nesse jogo aprendi a admirar o quarterback  Colin Kaepernick sem deixar de perceber as qualidades do seu oponente Joe Flacco. E ontem revi o fato de que na partida disputada no Mercedes-Benz Superdome, Nova Orleans, Luisiana, EUA, “jogo mais importante do ano foi interrompida por 34 minutos por causa de uma queda de energia, mergulhando partes do Superdome na escuridão e deixando os telespectadores sem futebol e sem explicação o porquê” (NFL site).

superbowlUm silêncio ensurdecedor sobre o assunto. A mesma ESPN, que transmitia o jogo ao vivo, tão costumeira em fazer duras críticas as falhas que ocorrem no Brasil, não fez críticas ao apagão ocorrido no evento esportivo mais concorrido dos EUA. Ao contrário, para eles que são avançados tecnológica, cultural e economicamente, de acordo com os jornalistas, colunistas e donos de mídias brasileiros, tudo tem uma explicação, só não se explica como no Brasil, que viveu num regime ultraconservador, liberal e elitista por muitos anos, pode ocorrer falhas em grandes eventos.

Não gosto de quem não gosta do Brasil. Não gosto de quem não gosta de nossa gente. São pessoas que tem visão curta e não enxergam o óbvio. Falhas vão sempre acontecer. É preciso, claro, fazer de tudo para evitá-las, mas se acontecerem, não nos façam menores porque os grandes também falham, e na mesma proporção de sua grandeza.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: