• Cientista político diz que candidato de Lula será favorito “rapidamente”

    No Blog da Cidadania

    O cientista político Alberto Carlos Almeida é autor do livro “A Cabeça do Brasileiro” (Editora Record, 2007), que possui uma pesquisa reveladora e dados estatísticos de excepcional amplitude a respeito do perfil do brasileiro. Almeida é professor da Universidade Federal Fluminense.

    Publicou os livros “Por que Lula?” (Editora Record, 2006); “Como são Feitas as Pesquisas Eleitorais e de Opinião” (Editora FGV, 2002); e “Presidencialismo, Parlamentarismo e Crise Política no Brasil” (Eduff, 1998).

    Alberto Carlos Almeida possui doutorado em Ciência Política pelo IUPERJ; foi pesquisador visitante na The London School of Economics; e coordenou as pesquisas eleitorais e de opinião do DataUff entre 1996 e 2002 e da Fundação Getúlio Vargas entre 2002 e 2005.

    Quer ler mais? Clique aquiCientista político diz que candidato de Lula será favorito “rapidamente”


  • EM LONDRES, DILMA É CALOROSAMENTE RECEBIDA PELO LABOUR PARTY

    O Cafezinho

    Por Mariana Noviello

    Dilma Rousseff esteve no Reino Unido na semana passada onde ela participou de um evento acadêmico o Brazil UK Forum, organizado pelos estudantes das prestigiadas universidades de Oxford e LSE, e também conversou com a mídia, mulheres na academia e na política.

    Talvez de maior relevância tenha sido o encontro de Dilma com a alta cúpula do Labour Party (Partido Trabalhista Britânico).

    Parlamentares trabalhistas não só prestaram solidariedade à Presidenta em relação ao impeachment e a Lula, mas também se mostraram preocupados com a democracia no Brasil.

    Emily Thornberry, portavoz do Partido em assuntos internacionais, twitou: “Hoje, tive a honra de me encontrar com Dilma Rousseff, ex-presidenta do Brasil. Discutimos como a democracia em seu país está comprometida”. EM LONDRES, DILMA É CALOROSAMENTE RECEBIDA PELO LABOUR PARTY


  • O que Temer não disse sobre os 2 anos de governo

    GNN Notícias

    [...] A cerimônia teve início às 15h no Salão Nobre do Palácio do Planalto, mas antes mesmo já foi marcada por polêmicas. Após o deslize do título "O Brasil voltou, 20 anos em 2", e a repercussão negativa, o convite para ministros e autoridades veio com outra nomenclatura: "Maio/2016-Maio/2018: o Brasil voltou".

    Ostentou de maneira exacerbada que houve uma queda na inflação e redução da taxa de juros. Juntou os números para preparar a cartilha "Avançamos - 2 anos de vitórias na vida de cada brasileiro", que foi o período de sua atuação desde que assumiu com a derrubada da presidente eleita Dilma Rousseff.

    Clique para continuar a ler.


  • Coloque seu e-mail para receber novidades e notificações do Blog.

    Junte-se a 798 outros seguidores

  • Recomendo leitura

Vale Ouro só é lembrado durante o processo eleitoral

Estrada Carlos Sampaio: altura do bairro Vale Ouro

Imagem 1. Estrada Carlos Sampaio: altura do bairro Vale Ouro

Vale Ouro é um bairro cravado ao nordeste de Queimados e faz divisa com a cidade Nova Iguaçu abrigando cerca de 900 famílias sempre cobiçadas pelos políticos quando na busca por votos em campanhas eleitorais.

Foi assim que em 2004 o atual prefeito Max Lemos (PMDB-Queimados) conheceu o bairro e prometeu soluções para os problemas de saneamento básico e pavimentação necessários para a melhoria da qualidade de vida dos habitantes do Vale Ouro.

Depois que Max Lemos se elegeu em 2004 a esperança deu o ar de sua graça na comunidade com a promessa do governador Sérgio Cabral (PMDB-RJ) de dar cabo às promessas de seu pupilo queimadense e vários caminhões surgiram despejando enormes manilhas ao longo da Estrada Carlos Sampaio. Era véspera das eleições para presidente, governador, deputados e senadores. Com esse quadro Sérgio Cabral se reelegeu governador em 2010 e reelegeu Max Lemos, seu aliado, amigo e afilhado político em 2012.

Mas nos dias atuais o quadro é desanimador. A Estrada Carlos Sampaio, via principal que liga a cidade Nova Iguaçu e Queimados e principal via de acesso a muitos outros bairros como Três Fontes, Carlos Sampaio, por exemplo, está literalmente esquecida pelo poder público (Imagem 1) com muitos buracos causados pela ausência de esgotamento sanitário com as águas fluviais escoando por entre os paralelepípedos soltando-os com a retirada da areia que deveriam sustentá-los no lugar.

As manilhas colocadas à beira do campo Vale Ouro serviu para proteger a vegetação que já alcança até quatro vezes mais a altura de uma manilha (imagem 2).

Imagem 2. As manilhas e a vegetação que alcança a altura de 4 manilhas empilhadas.

Imagem 2. As manilhas e a vegetação que alcança a altura de 4 manilhas empilhadas.

Uma senhora que preferiu não se identificar com medo de represálias disse que um vereador de Queimados já retirou várias manilhas levando-as para lugares ignorados: “a gente via o caminhão dele chegar aqui com uma máquina e sair lotado de manilhas, mas a gente fica com medo de dizer alguma coisa né? Na medida em que as manilhas vão se perdendo, ou porque alguém leva ou porque se quebra com o tempo, nossa esperança de ver o bairro saneado e pavimentado também vai se perdendo”, lamenta.

Este é mais um daqueles casos em que o político se apresenta como aquele que vai resolver, investe alguns milhões de reais, esboça uma ação positiva, mas deixa que o tempo se ocupe de fazer o povo perder as esperanças. Mas isto tem uma intencionalidade porque ano que vem tem eleições e, mesmo impossibilitado de concorrer, Cabral já indicou alguém para substituí-lo e ele dirá: “se não tive tempo de resolver, meu sucessor resolverá“.

Você teria coragem de acreditar?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: