Aécio quer, então vamos conversar

O senador mineiro Aécio Neves (foto), que vive mais no Rio de Janeiro que em sua terra natal, é a estrela do PSDB na campanha publicitária veiculada na propaganda obrigatória para os cariocas. Ele sempre termina com o discurso “se você pensa assim [ou assado], vamos conversar!”

Eu sou mineiro como o senador, mas vivo no Rio desde janeiro de 1971, portanto, posso dizer que sou um carioca nascido em Minas Gerais. Perdi absurdamente a quase totalidade da cultura mineira: o sotaque, a culinária, o jeito matreiro e quieto de ver as coisas, a timidez etc. Internalizei os erres do carioca, adotei o churrasco e a feijoada como pratos típicos, sou mais atirado às questões que me tocam e me manifesto sempre que necessário.

No caso em questão estou me manifestando a pedido do próprio senador que está me chamando pra conversar já que entendo que é preciso fazer mais, avançar ainda mais. Penso que todo carioca também entende assim. Então vamos conversar.

Aecio-BebadoSenador, eu quero começar conversando a respeito do “respeito com o dinheiro público” e falar da privataria tucana segundo as informações do jornalista Amaury Ribeiro Júnior. Quero saber, por exemplo, como é vender a preço de banana empresas públicas lucrativas com a falácia de fazer caixa para o Brasil crescer e, ao final, as empresas foram entregues ao setor privado, mas dinheiro mesmo o PSDB, através do Fernando Henrique Cardoso foi buscar no FMI, senão vejamos: a dívida pública só aumentou no governo FHC saindo da casa dos 30% no início de mandato e superando os 50% em setembro de 2002. Um aumento na dívida pública de 72% (setenta e dois por cento senador). Não bastando isto, o PSDB entregou o governo com uma dívida de -185 (menos cento e oitenta e cinco) bilhões de dólares. O PT pagou a dívida, emprestou dinheiro ao FMI e vai investir coisa de 100 bilhões para a criação de um Banco dos Brics.

Numa da peças você diz que o PSDB quer uma educação que funcione. Tá. Quantas universidades foram criadas pelo PSDB durante a gestão de Fernando Henrique Cardoso? O nobre senador pode nos dizer também a respeito das escolas técnicas federais? A história registra ZERO universidades construídas na gestão do seu PSDB e apenas, tão somente 11 escolas federais. Uma brutal diferença entre o governo do PSDB e o do PT porque Lula construiu 214 escolas técnicas e 15 universidades em 8 anos.

A sua iniciativa é sublime, porém soa demagógica. Durante a gestão do PSDB com FHC foram criados 5.016,672 empregos formais. Na gestão do PT foram 15.023,633, ou seja, 3 vezes mais. Para conversar a gente tem que pensar na gente senador. Não dá pra pensar só em banqueiro e rentistas. O salário mínimo, por exemplo, na gestão PSDB não passou dos 70 dólares e se compararmos com o PT, a sua é uma conversa mole. Na gestão do PT o salário mínimo girou próximo dos 300 dólares. Agora vejamos: pobres que somos a gente come melhor com 70 ou com 300 dólares?

Eu até quero conversar senador. O problema entre nós é credibilidade.

Eu poderia ficar aqui destilando comparações, números que desqualificam o seu discurso, mas aí vai ficar chato pra caramba porque tudo soa falso em vossa pessoa, até esse amor que diz sentir pelo Rio de Janeiro. Sua figura é um desastroso contraste com a paisagem carioca. Seu comportamento idem.

Quer saber senador? Acho que vai ficar falando sozinho.

3 Respostas

  1. Sensacional. O texto é crítico, ácido, mas tem humor como um filme de Quentin Tarantino cheio de violência mas com humor.

  2. Prédios não ensinam pessoas, muito menos cotas. Privatizações? E as obras para a copa, o que são me caro? Os mares de dinheiro imoralmente derramados em um país que clama por saúde, por segurança!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: