• Cientista político diz que candidato de Lula será favorito “rapidamente”

    No Blog da Cidadania

    O cientista político Alberto Carlos Almeida é autor do livro “A Cabeça do Brasileiro” (Editora Record, 2007), que possui uma pesquisa reveladora e dados estatísticos de excepcional amplitude a respeito do perfil do brasileiro. Almeida é professor da Universidade Federal Fluminense.

    Publicou os livros “Por que Lula?” (Editora Record, 2006); “Como são Feitas as Pesquisas Eleitorais e de Opinião” (Editora FGV, 2002); e “Presidencialismo, Parlamentarismo e Crise Política no Brasil” (Eduff, 1998).

    Alberto Carlos Almeida possui doutorado em Ciência Política pelo IUPERJ; foi pesquisador visitante na The London School of Economics; e coordenou as pesquisas eleitorais e de opinião do DataUff entre 1996 e 2002 e da Fundação Getúlio Vargas entre 2002 e 2005.

    Quer ler mais? Clique aquiCientista político diz que candidato de Lula será favorito “rapidamente”


  • EM LONDRES, DILMA É CALOROSAMENTE RECEBIDA PELO LABOUR PARTY

    O Cafezinho

    Por Mariana Noviello

    Dilma Rousseff esteve no Reino Unido na semana passada onde ela participou de um evento acadêmico o Brazil UK Forum, organizado pelos estudantes das prestigiadas universidades de Oxford e LSE, e também conversou com a mídia, mulheres na academia e na política.

    Talvez de maior relevância tenha sido o encontro de Dilma com a alta cúpula do Labour Party (Partido Trabalhista Britânico).

    Parlamentares trabalhistas não só prestaram solidariedade à Presidenta em relação ao impeachment e a Lula, mas também se mostraram preocupados com a democracia no Brasil.

    Emily Thornberry, portavoz do Partido em assuntos internacionais, twitou: “Hoje, tive a honra de me encontrar com Dilma Rousseff, ex-presidenta do Brasil. Discutimos como a democracia em seu país está comprometida”. EM LONDRES, DILMA É CALOROSAMENTE RECEBIDA PELO LABOUR PARTY


  • O que Temer não disse sobre os 2 anos de governo

    GNN Notícias

    [...] A cerimônia teve início às 15h no Salão Nobre do Palácio do Planalto, mas antes mesmo já foi marcada por polêmicas. Após o deslize do título "O Brasil voltou, 20 anos em 2", e a repercussão negativa, o convite para ministros e autoridades veio com outra nomenclatura: "Maio/2016-Maio/2018: o Brasil voltou".

    Ostentou de maneira exacerbada que houve uma queda na inflação e redução da taxa de juros. Juntou os números para preparar a cartilha "Avançamos - 2 anos de vitórias na vida de cada brasileiro", que foi o período de sua atuação desde que assumiu com a derrubada da presidente eleita Dilma Rousseff.

    Clique para continuar a ler.


  • Coloque seu e-mail para receber novidades e notificações do Blog.

    Junte-se a 799 outros seguidores

  • Recomendo leitura

Collor de Melo, já beneficiado com manipulação da mídia, denuncia

Comentário para a Rádio Novos Rumos, 22 de maio de 2012, 12:35h.

Boa tarde Dine Estela, Luiz Alonso e amigos da RNR!

O ministro da fazenda Guido Mantega apresentou na manhã de hoje um balanço da economia interna e da crise externa numa audiência no Senado Federal e justificou aquela expressão da presidenta Dilma Rousseff de que o país está 300% preparado para enfrentar a crise que assola a Europa e ameaça o equilíbrio mundial. De fato, o Brasil está verdadeiramente preparado para qualquer crise de origem externa e, tal como no governo do presidente Lula, se chegar ao Brasil, será outra marolinha.

Se os brasileiros dessem a importância que determinados analistas fazem da economia brasileira acreditariam, de fato, que o país vive uma recessão profunda e está à beira de um colapso financeiro, o que está longe da realidade.

Mas como não poderia deixar de ser, a CPMI do Cachoeira é o assunto mais proeminente. Hoje Carlinhos Cachoeira deve ir à CPMI por força da Lei, mas deve usar da prerrogativa de ficar em silêncio para não produzir provas contra si mesmo, alegando não conhecer o teor das acusações que lhes são imputadas.

Mas ontem o senador Fernando Collor de Mello, que já passou por um processo de impeachment, foi vítima das manipulações da mídia, inclusive sendo amplamente beneficiado pela Rede Globo de Televisão, fez um pronunciamento ontem em que fala da tentativa que a velha mídia vem fazendo de manipular a opinião pública, intervindo na subjetividade das pessoas fazendo-as crer que convocar o jornalista Policarpo Júnior e o Sr. Roberto Civita, da Revista Veja, seria um atentado à liberdade de expressão. Collor, entretanto, diz que ambos tem uma relação que não ficou só na relação jornalista – fonte. Vamos ouvir o senador Collor de Mello:

 

 

Essa afirmação Dine Estela, eu tenho falado reiteradamente aqui na Rádio Novos Rumos. O objetivo da velha mídia é fazer o impossível para evitar que a CPMI lhes alcancem, mas isso me parece inevitável. Resta-nos saber quando isso acontecerá.

Uma resposta

  1. […] more here: Collor de Melo, já beneficiado com manipulação da mídia, denuncia … Tweet This Post Comentário, Mídia << Memórias de uma guerra suja ea participação da […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: