Jornalista blogueiro deixa Organizações Globo em “saia justa”

Vídeo publicado no Blog do Melo

O jornalista Rodrigo Vianna, blogueiro dO Escrevinhador, noticiou em 7/8 que um dos jornalistas das Organizações Globo reclamou da ordem direta que recebeu da editoria de “partir pra cima do ministro Celso Amorim” e provar que os militares não o querem na pasta. Vianna escreveu que o jornalista estava indignado e resumiu”é cada vez mais desanimador fazer jornalismo aqui”. Segundo Vianna, os pauteiros deveriam encontrar entrevistados para os principais telejornais “que comprovem a tese de que a escolha de Celso Amorim vai gerar ‘turbulência’ no meio militar”.

Com a publicação do artigo de Vianna, as Organizações Globo, através da família Marinho, divulgou o que ela chamou de “Princípios Editoriais das Organizações Globo”. Não foi a primeira vez que as Organizações teve que emitir comunicado tentando resgatar a “credibilidade” dos telespectadores. Em 1989, manipulou a edição de um debate em favor de Fernando Collor de Melo prejudicando a candidatura de Luis Inácio LULA da Silva. O âncora do Jornal Nacional já se referiu aos seus telespectadores como tipos parecidos com o personagem burro e preguiçoso Homer Simpson, porque teria dificuldade de “entender notícias complexas”.

Estranhamente a prática jornalística das Organizações não partilham dos mesmos fundamentos que os “princípios” divulgados, o que deixa os Marinhos em “saia justa”. E agora? O que está valendo? O que está escrito o ou que fazem na prática?

Na minha modesta opinião, antes de divulgar tal conteúdo, os Marinhos deveriam fazer um “mea culpa” e explicar aquela “lambança jornalística” da bolinha de papel que levou o então candidato Cerra (PHA) a fazer uma tomografia computadorizada para tentar iludir a boa fé dos brasileiros. Aliás, quando eles dizem “As Organizações Globo são apartidárias, e os seus veículos devem se esforçar para assim ser percebidos” Estão tentando nos dizer que PSDB e DEM não são partidos? Eles nos dizem ainda: “Os jornalistas das Organizações Globo devem evitar situações que possam provocar dúvidas sobre o seu compromisso com a isenção”. Então tá. Me expliquem o comportamento do Willian Bonner e da Fátima Bernardes entrevistano a então candidata Dilma Rousseff na bancada do Jornal Nacional porque não entendi nada.

O que dizer então do item “As Organizações Globo repudiam todas as formas de preconceito, e os seus veículos devem se esforçar para assim ser percebidos”? Jornalistas (inclusive esportivos), comentaristas, colunistas, editores por acaso convidaram Heloísa Ramos, autora do livro Por uma vida melhor, da coleção Viver, aprender para ouvir dela as explicações necessárias antes de propagar uma infame campanha contra o livro?

Por conta dessas contradições a tal “declaração de princípios” virou piada na blogosfera. Os Marinhos não possuem moral para divulgar tal documento pois há uma dicotomia entre o que pensam e o que fazem.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: