A TV Brasil, os Jogos Mundiais Militares e o canal de interação

Estou acompanhando os Jogos Mundiais Militares pela TV Brasil porque é a nossa TV e eu quero muito que ela se torne uma emissora verdadeiramente popular com assuntos que interessam e entretenham o povo com qualidade, com verossimilidade, e com relação bastante respeitosa com o povo brasileiro.

Logomarca dos Jogos Mundiais Militares: extraído da TV Brasil

O sinal está ótimo, os comentaristas são muito bons porque qualificados, os narradores não são primorosos, mas na medida em que se familiarizam com os processos se aprimorarão, sem dúvida!, e vamos nos acostumando com os sotaques, com expressões chaves, modulações locucionais etc.

Durante as transmissões dos jogos, entretanto, os narradores fazem apelos para que os telespectadores entrem no site e participem ao vivo com mensagens através do chat. Hoje fiz isso por várias vezes, e fui acompanhando os demais comentários e perguntas. Posso garantir que a participação popular na TV Brasil é muito maior que no SporTV, por exemplo, onde costumo participar também, mas na TV Brasil, apesar dos apelos dos narradores, muitas perguntas e comentários não são levados ao ar e os internautas ficam sem as respostas ou sem alguma menção dos narradores dos jogos.

Aí está um problema a ser corrigido pelos editores da programação! Se os narradores fazem apelo para que internautas participem ao vivo, é no mínimo um desrespeito a ausência de referências aos que participarem. Isso é um problema porque posso migrar para outra emissora onde esta atenção desejada seja atendida. E não há mistério em fazer isso, bastaria uma terceira pessoa fazer isso nos intervalos, ou quando as jogadas demoram em função de uma eventualidade nas quadras.

Para ilustrar isso, vou pegar como exemplo dois comentários de internautas publicado às 20h e 18m. durante a transmissão de Brasil x Coréia no Vôlei masculino:

 Comentário de Jxxxxx xxxx Sxxxxxx

Quais as possibilidade do em relação ao quadro de medalia?

Comentário de Lxxxxxx Gxxxxxxx (MG)

Fernandão, porque os EUA não aparecem no quadro de medalhas?

Vejam, estas perguntas nem precisariam de muito tempo e o comentarista poderia respondê-las sem qualquer interferência significativa na narrativa do jogo ao fim de uma disputa quando se conclui um ponto do jogo. É significativo o tempo entre a finalização de um ponto e o saque para recolocar a bola em jogo. Não tem porque os internautas serem ignorados assim.

Hoje à tarde, durante a transmissão de Brasil x Qatar no Basquete masculino tive que apelar para alguns internautas fossem citados, ainda que suas perguntas não fossem respondidas.

Este comentário pode não significar muita coisa, mas as grandes empresas multinacionais conquistaram lugar de destaque no mercado quando resolveram ouvir o consumidor. E como a TV Brasil é pública, estamos torcendo muito para que ela dê certo e alcance a popularidade esperada e identifiquei a interatividade público-TV Brasil como um problema a ser superado. Mas será que os especialistas vêem isto como um problema?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: