• Cientista político diz que candidato de Lula será favorito “rapidamente”

    No Blog da Cidadania

    O cientista político Alberto Carlos Almeida é autor do livro “A Cabeça do Brasileiro” (Editora Record, 2007), que possui uma pesquisa reveladora e dados estatísticos de excepcional amplitude a respeito do perfil do brasileiro. Almeida é professor da Universidade Federal Fluminense.

    Publicou os livros “Por que Lula?” (Editora Record, 2006); “Como são Feitas as Pesquisas Eleitorais e de Opinião” (Editora FGV, 2002); e “Presidencialismo, Parlamentarismo e Crise Política no Brasil” (Eduff, 1998).

    Alberto Carlos Almeida possui doutorado em Ciência Política pelo IUPERJ; foi pesquisador visitante na The London School of Economics; e coordenou as pesquisas eleitorais e de opinião do DataUff entre 1996 e 2002 e da Fundação Getúlio Vargas entre 2002 e 2005.

    Quer ler mais? Clique aquiCientista político diz que candidato de Lula será favorito “rapidamente”


  • EM LONDRES, DILMA É CALOROSAMENTE RECEBIDA PELO LABOUR PARTY

    O Cafezinho

    Por Mariana Noviello

    Dilma Rousseff esteve no Reino Unido na semana passada onde ela participou de um evento acadêmico o Brazil UK Forum, organizado pelos estudantes das prestigiadas universidades de Oxford e LSE, e também conversou com a mídia, mulheres na academia e na política.

    Talvez de maior relevância tenha sido o encontro de Dilma com a alta cúpula do Labour Party (Partido Trabalhista Britânico).

    Parlamentares trabalhistas não só prestaram solidariedade à Presidenta em relação ao impeachment e a Lula, mas também se mostraram preocupados com a democracia no Brasil.

    Emily Thornberry, portavoz do Partido em assuntos internacionais, twitou: “Hoje, tive a honra de me encontrar com Dilma Rousseff, ex-presidenta do Brasil. Discutimos como a democracia em seu país está comprometida”. EM LONDRES, DILMA É CALOROSAMENTE RECEBIDA PELO LABOUR PARTY


  • O que Temer não disse sobre os 2 anos de governo

    GNN Notícias

    [...] A cerimônia teve início às 15h no Salão Nobre do Palácio do Planalto, mas antes mesmo já foi marcada por polêmicas. Após o deslize do título "O Brasil voltou, 20 anos em 2", e a repercussão negativa, o convite para ministros e autoridades veio com outra nomenclatura: "Maio/2016-Maio/2018: o Brasil voltou".

    Ostentou de maneira exacerbada que houve uma queda na inflação e redução da taxa de juros. Juntou os números para preparar a cartilha "Avançamos - 2 anos de vitórias na vida de cada brasileiro", que foi o período de sua atuação desde que assumiu com a derrubada da presidente eleita Dilma Rousseff.

    Clique para continuar a ler.


  • Coloque seu e-mail para receber novidades e notificações do Blog.

    Junte-se a 798 outros seguidores

  • Recomendo leitura

O desejo de FHC, da Folha, do Globo na obra de Gil Vicente

O desejo de FHC, da Folha de São Paulo, do Estadão, do Globo e de seus seguidores, especialmente Jabor, Ali Kamel, Mainardi, Otavinho, Civita, Frias, os filhos Marinho na obra macabra de Gil Vicente.

Nada como poder exprimir publicamente o seu desejo maior. Foi o que O Globo fez hoje em sua página online na matéria de Suzana Velasco ao registrar o trabalho de Gil Vicente, destacado na matéria como “a grande estrela da 29ª Bienal de São Paulo”. Tantos outros personagens retratados na obra macabra de Vicente, destacaram a do presidente Lula. Não por acaso, afinal o momento é propício para expressar o sentimento que Fernando Henrique Cardoso nutre pelo presidente Lula, já verbalizado nas “democráticas” páginas da Folha de São Paulo, ao afirmar “Faltou quem freasse o Mussolini. Alguém tem que parar o Lula”, sugerindo uma ação que coloca em risco a vida do presidente Lula.

Esse sentimento é igualmente compartilhado pela Folha do sr. Otávio Frias e muitos dos porcalistas com diploma de jornalista que trabalham por lá. Assim como no Estadão do sr. Mesquita e nO Globo, dos filhos Irineu Marinho, e de tantos outros que trabalham na Rede Globo de Televisão e suas afiliadas, no Sistema Globo de Rádio e suas afiliadas.

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de São Paulo “fez uma nota de repúdio e ameaçou processar a Fundação Bienal por expor a série de desenhos em carvão “Inimigos”, em que Vicente se autorretrata matando personalidades como o presidente Lula, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, a rainha da Inglaterra Elizabeth II e o papa Bento XVI”, diz a matéria da página online.

A escolha do presidente Lula para ilustrar a matéria eu entendi como uma extensão do discurso fascista do invejoso FHC para sugerir a um incauto que se lance contra a vida do presidente mais popular que este país já teve. Embora a matéria argumente que outros personagens foram macabramente representados pelo artista, o Globo faz questão que seja a imagem do presidente. É uma forma de expressar publicamente um sentimento revelado somente entre os seus pares, tanto que o link (Confira galeria de fotos com algumas das 359 obras da edição 2010 da Bienal SP) na matéria remete o leitor a outras imagens do espaço onde acontece a Bienal, mas nenhuma delas tem outras imagens de sentido semelhante.

Esta é mais uma manifestação do jornalismo que estes grupos representam. É para semear o medo e o terror, com Reginas Duartes dizendo que o Brasil está ameaçado na sua democracia e no seu desenvolvimento com Dilma eleita presidente. Os discursos são os mesmos de quando Lula foi candidato: “quem é Lula?” “O que ele já fez?” “Ninguém conhece Lula!”

Hoje, com a popularidade do presidente, principal cabo eleitoral que colocou Dilma Rousseff com 51% da intenções de votos entre o eleitorado, desbancando o candidato preferencial desse grupo que se julga com mais poder que realmente possui, Lula é uma ameaça aos interesses deles. “É preciso calar Lula!” Foi a mensagem do invejoso Henrique Cardoso e, na extensão desse discurso, o Globo sugere a degola do presidente através da obra de Gil Vicente.

Só que desta vez, temos a internet para contrapor as informações desse grupo. Hoje estamos mais atentos e a população não deixará que suas intenções se concretizem porque estamos emancipados, não dependemos mais e nem nos deixamos levar por suas informações deturpadas, tendenciosas.

Hoje somos todos Lulas da Silva.

É bom que saibam disso.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: